domingo, 15 de outubro de 2017

Da falta de respeito pelos leitores (de ebooks)

Comecei a ler a saga Clifton de Jeffrey Archer que passa pela história do século XX, um pouco ao jeito da trilogia "O Século" de Ken Follett, mas com mais livros e mais tempo a seguir os mesmos personagens.

Li os primeiro 4 livros em ebook: "Só o tempo dirá"(#1), "Os Pecados do Pai" (#2), "O Segredo Mais Bem Guardado" (#3) e "Cuidado Com o Que Desejas" (#4)" publicados pela Bertrand Editora. São livros de que gostei bastante mas que não senti necessidade de ter na minha estante. Queria, no entanto, continuar a ler esta saga fabulosa em que cada livro nos deixa no momento certo para termos uma necessidade voraz de ler o seguinte.



Qual não é o meu espanto quando, ao 5º livro "Mais Poderosa do que a Espada" a editora decide não o publicar em ebook. Publicou o livro mas não a versão em ebook apesar dos vários protestos de muitos leitores que seguiam a saga desta forma. Mais do que isso, nem sequer se deu ao trabalho de responder aos comentários que fomos deixando na página de Facebook ou para o email da editora. uma decisão unilateral, sem respeito pelos leitores, pelas novas formas de consumo de livros e até pelas dificuldades de algumas pessoas em ler em letra pequena (no ebook podemos aumentar conforme a necessidade).



Pergunto-me: é assim que querem vender livros? É assim que querem que este mercado cresça? É assim que querem que não desistamos de sagas que gostamos? No mínimo merecíamos uma resposta, com explicação clara do porquê desta opção. Se puderam publicar em ebook 4 livros, porque não podem publicar os restantes e não perder aqueles que passaram a ler só em ebook ou, maioritariamente em ebook? Eu estou rendida ao formato e, ultimamente, as minha compras literárias têm passado maioritariamente por esta opção. Porque não posso ser respeitada enquanto leitora que escolhe esta opção? Se fosse uma saga que nunca tinha sido publicada em ebook poderiam alegar custos, etc, mas tendo publicado os 4 primeiros, qual o porquê de não publicarem os restantes? Vai sair agora o livro #6 "Chegada a Hora"... será que voltaremos a não ter ebook? Vão finalmente respeitar os leitores de ebooks e publicar estes dois livros neste formato?

Aguardamos uma resposta da Bertrand Editora. 
E respeito, por favor. Os amantes de livros merecem-no.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Livros que deixaram a minha estante #10

Nos últimos tempos deixaram a minha estante 3 livros pelos quais tenho bastante carinho mas que, pelo seu tamanho, não cheguei a desfolhar.


São livros que gostei bastante mas que li em ebook e considerei que nunca lhes iria pegar neste formato pelo que decidi que deveriam seguir para quem lhes desse mais valor.

Para além disso, como qualquer amante de livros o espaço aqui em casa é bastante escasso e tenho de começar a ficar apenas com os livros que quero mesmo muito ter comigo em formato físico.

Por aí também têm problemas de espaço?

sábado, 30 de setembro de 2017

Leituras - Outubro de 2016

Em Outubro li 7 livros, 3 deles em ebook e nenhum de novos autores.

Iniciei o mês com "Sombras de Paixão" de Elizabeth Adler, uma história intensa que se desenvolve por camadas, com personagens autênticos e que se vão desenvolvendo ao longo da história com veracidade e com a força de uma história ímpar. Um livro muito melhor do que tudo o que já tinha lido da autora, recomendo!


Passei para o "Quarteto de Noivas" de Nora Roberts que adorei. A combinação certa de romance, boas gargalhadas e mulheres intensas a viver a sua profissão com paixão. Em cada livro, seguimos uma destas quatro mulheres que têm um negócio de casamentos e nenhum dos livros desilude.


Quase conseguimos sentir as fotos cheias de história de Mackensie em "Um Dia Perfeito", cheirar o perfume das flores de Emma em "Um Mar de Rosas", sentir o aroma dos bolos perfeitos de Laurel em "O Sabor do Momento" e ser abalroada pela eficiência de Parker num delicioso "Felizes para Sempre".


Segui para "Uma Chuva de Diamantes" de Sveva Casati Modignani, um livro que tem o toque de Sveva mas sem o brilhantismo das suas protagonistas mais fortes até porque a história se divida entre Sónia Brenna e o grande Rovesti. O último livro do mês foi "A Ameaça" de Ken Follett, um livro viciante mas que, ao mesmo tempo, nos apresenta um ritmo mais lento do que Ken Follett nos habituou.

Li então um total de 7 livros, durante o mês de Outubro, destacando o brilhantismo de "Sombras de Paixão" e a energia intensa do "Quarteto de Noivas.

sábado, 23 de setembro de 2017

Novidades que gostava de ter na estante - Setembro 2017

Uma Coluna de Fogo - Ken Follett
Lançamento previsto: 12 de setembro

A história:
Natal de 1558. O jovem Ned Willard regressa a Kingsbridge, e descobre que o seu mundo mudou.

As velhas pedras da catedral de Kingsbridge contemplam uma cidade dividida pelo ódio de cariz religioso. A Europa vive tempos tumultuosos, em que os princípios fundamentais colidem de forma sangrenta com a amizade, a lealdade e o amor. Ned em breve dá consigo do lado oposto ao da rapariga com quem deseja casar, Margery Fitzgerald.
Isabel Tudor sobe ao trono, e toda a Europa se vira contra a Inglaterra. A jovem rainha, perspicaz e determinada, cria desde logo o primeiro serviço secreto do reino, cuja missão é avisá-la de imediato de qualquer tentativa quer de conspiração para a assassinar, quer de revoltas e planos de invasão.

Isabel sabe que a encantadora e voluntariosa Maria, rainha da Escócia, aguarda pela sua oportunidade em Paris. Pertencendo a uma família francesa de uma ambição brutal, Maria foi proclamada herdeira legítima do trono de Inglaterra, e os seus apoiantes conspiram para se livrarem de Isabel.

Tendo como pano de fundo este período turbulento, o amor entre Ned e Margery parece condenado, à medida que o extremismo ateia a violência através da Europa, de Edimburgo a Genebra. Enquanto Isabel se esforça por se manter no trono e fazer prevalecer os seus princípios, protegida por um pequeno mas dedicado grupo de hábeis espiões e de corajosos agentes secretos, vai-se tornando claro que os verdadeiros inimigos ̶ então como hoje ̶ não são as religiões rivais.

A batalha propriamente dita trava-se entre aqueles que defendem a tolerância e a concórdia e os tiranos que querem impor as suas ideias a todos, a qualquer custo.

A saga que fascinou os milhões de leitores de Os Pilares da Terra e de Um Mundo Sem Fim prossegue agora com este novo romance, primeiro volume de uma trilogia no regresso a Kingsbridge.

O Trono do Outono - Elizabeth Chadwick
Lançamento previsto: 19 de Setembro

Uma das mulheres mais poderosas da História.

Estamos em Inglaterra, no ano 1176, e Leonor de Aquitânia foi aprisionada pelo marido, o Rei Henrique II, por recusar submeter-se às suas ordens. Desesperada com os esforços do rei por mantê-la longe dos filhos, Leonor não tem outro remédio senão aguardar. 

Com a morte do rei, tudo muda. Leonor torna-se rainha-mãe e ganha finalmente liberdade para tentar reparar todos os danos que Henrique causou. Os seus filhos veem-se envolvidos numa perigosa rivalidade acicatada pelo pai, enquanto as suas filhas foram afastadas das posições de poder que lhes cabiam. 


Leonor vai precisar de toda a sua coragem e força para os poder proteger de si mesmos. Para tal, terá de viajar continuamente por uma Europa medieval em guerra, e até mesmo cruzar os Alpes durante o inverno. Conseguirá Leonor manter a paz entre os filhos? E estará ela à altura de todas as provas que o destino lhe reserva?


O Reino do Meio - José Rodrigues dos Santos
Lançamento previsto: 21 de Setembro


Livro 3 da Trilogia do Lótus

A guerra rebenta em Espanha e o Japão invade a China. Uma relação extraconjugal nos Açores, o atentado contra Salazar e as intrigas palacianas em Tóquio aproximam o coronel Artur Teixeira do cônsul Satake Fukui na mais imprevisível e perigosa das cidades – a Berlim de Adolf Hitler.

Lian-hua, a chinesa dos olhos azuis, está prometida a um desconhecido quando vê os japoneses entrarem em Pequim e a sua vida se transforma num inferno. O mesmo espetáculo é observado pela russa Nadezhda Skuratova em Xangai, onde se apaixona por um português que a forçará a uma escolha impossível.
A Berlim do blackout, dos boatos e das anedotas, do Hotel Adlon, das suásticas que brilham à noite e das lojas vazias com vitrinas cheias; a Pequim das mei po casamenteiras, dos chi pao de seda, dos cules e dos riquexós; a Tóquio do Hotel Imperial, dos golpes no Kantei, do zen e dos códigos de honra giri e ôn; e a Xangai da Concessão Internacional, dos portugueses do Clube Lusitano, dos néones, do Bund, das taxi-girls russas e dos bordéis.

Senhor de uma prosa sem igual, José Rodrigues dos Santos está de regresso ao grande romance com a conclusão da história inesquecível das quatro vidas que o totalitarismo moldou. Lendo-se como um romance autónomo, O Reino do Meio encerra em grande estilo a polémica Trilogia do Lótus, uma das mais ambiciosas e controversas obras da literatura portuguesa contemporânea.

Whitney, Meu Amor - Judith McNaught
Lançamento previsto: 19 de Setembro


Whitney Stone é uma jovem de personalidade forte. Algo que o pai, um homem frio e calculista, não tolera. Decidido a acabar de uma vez por todas com a paixão que a filha nutre pelo vizinho Paul, envia-a para Paris. Sob os cuidados e carinho dos tios, a trapalhona e reguila Whitney transforma-se numa mulher lindíssima. A sua sensualidade e carisma conquistam a sociedade parisiense e captam a atenção do poderoso Duque de Claymore. Mas o coração de Whitney há muito que está tomado por Paul. Essa é, pelo menos, a convicção da jovem. Até ao dia em que dá por si a sentir-se tentada pelo duque - uma atração que a delicia e perturba, pois é a primeira vez que percebe que o seu coração tem uma vontade muito própria.
Já o duque não tem qualquer dúvida. Ele deseja Whitney. E planeia tê-la, não obstante o crescente número de obstáculos, que incluem o "pormenor" de ela estar apaixonada por outro homem, a apreensão da tia e os planos do pai ganancioso, que, para se salvar da ruína, faz um acordo secreto. A moeda de troca? A sua filha…

Whitney, Meu Amor é obra que deu início à meteórica carreira de Judith McNaught. Os leitores vão rir, chorar, desesperar e emocionar-se com este romance absolutamente formidável.

Catarina de Bragança - Sarah-Beth Watkins
Lançamento previsto: 20 de Setembro

Obrigada a suportar as muitas amantes do rei, seu marido, e as contínuas conspirações para a afastarem do trono, Catarina de Bragança não foi uma monarca feliz. 

Durante o reinado de Carlos II, Catarina testemunhou situações dramáticas - guerras sucessivas, a Grande Praga e o devastador incêndio da cidade de Londres - e passou por muitas adversidades e provações, como a sua incapacidade de ter filhos e, assim, de gerar um herdeiro do trono. 

Mas, apesar de tudo, Carlos manteve-se dedicado à sua rainha, que lhe sobreviveu. 
Já viúva, regressou ao seu país natal, e, perto do final da vida, foi rainha regente de Portugal.

domingo, 17 de setembro de 2017

Hino aos ebooks

De há algum tempo para cá o meu formato preferencial de leitura tem sido em ebook, tão mais fácil de passar as páginas, sem ter de tentar segurar um livro aberto ao meio; tão menos pesado especialmente se considerarmos livros acima das 300 páginas e tão fácil de trazer vários livros connosco, sem termos de trazer o peso de 2 livros só porque estamos a terminar o 1º. Para além disso, como gosto de decidir o que vou ler apenas quando vou começar, o e-reader dá-me essa possibilidade com a infinidade de ebooks que lá consigo colocar.

Há algum tempo que tenho o 3º livro da trilogia "O Século": "No Limiar da Eternidade" mas não conseguia pegar nele, não tinha sequer vontade de o abrir tal é o peso do mesmo... e o ebook era tão caro que não dava... mas eis senão que a Wook resolveu fazer uma promoção de ebooks e este era um dos que estava lá. Fiquei tão contente! E já o comecei a ler.

São daqueles que também desesperam pelos vossos livros em ebook? Já se habituaram a este formato? Qual é o livro que desejam tanto ter em ebook e que, por algum motivo, não têm?

sábado, 6 de maio de 2017

Aquisições - Outubro, Novembro e Dezembro 2016

No último trimestre de 2016, adquiri 10 novos livros, 6 em formato físico e 4 em ebook. De notar que em Dezembro não comprei nenhum livro.

Adquiri, finalmente, "A Filha do Barão" de Célia Loureiro que já procurava há bastante tempo. Comprei o 2º livro da série "Os Outros" de Anne Bishop: "Bando de Corvos" e não podia deixar de trazer comigo o último livro de Lesley Pearse "Confia em Mim" com uma pequena ajuda do valor que tinha em cartão Fnac. Já li o da Anne Bishop, é uma série que vale a pena, e li também o da Lesley Pearse, como sempre um livro fantástico!


Não podia deixar de ter o último livro da saga Bridgerton de Julia Quinn "Os Bridgerton Felizes para Sempre". Não é um livro tão bom como os anteriores porque são apenas contos que se passam após o final de cada um dos livros. Vale pela história de Violet (que sabe a pouco, podiam fazer um livro só com ela) e pela história de Daphne. "Cuidado com o que Desejas" era o livro mais recente de Jeffrey Archer da Saga Clifton e não podia deixar de adquiri-lo. Como sempre, não desiludiu, é uma saga que vale a pena!


Na série The Rules of Scoundrels de Sarah MacLean faltava-me precisamente o 1º livro "Um Marquês Irresistível" e em Outubro consegui encontrá-lo a um preço apetecível. "666 Park Avenue" e "O Casamento do Ano" foram livros que o meu marido viu numa feira do continente e achou que eu poderia gostar.


Adquiri mais dois livros de Ken Follet em ebook: "Uma Terra Chamada Liberdade" e "Uma Fortuna Perigosa". Li apenas o 1º até ao momento, é um livro bom que aborda temas interessantes como a escravatura dos mineiros mas é um livro que considero estar abaixo dos livros a que Ken Follett nos habituou.


Em três meses chegaram então à minha estante 10 novos livros, com o formato ebook a insurgir-se nas minhas preferências.

Em 2016 gastei em livros cerca de metade do valor do ano anterior e comprei um total de 26 livros, menos 10 do que em 2015.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Novidades que gostava de ter na estante - Maio 2017

A Troca - Nicky Pellegrino
Lançamento previsto: 30 de Maio

A morte da lendária designer de moda Milly Munro deixa Stella, sua assistente e amiga, perante um inesperado vazio. O trabalho sempre fora uma fonte de felicidade na sua vida. Agora, Stella sente-se perdida. Tão perdida que, ao ver um site de trocas de casas, decide embarcar numa nova e ousada aventura e trocar de casa com um desconhecido. E é assim que abandona Londres rumo ao Sul de Itália e dá por si a habitar a Villa Rosa.
A casa é tão especial como a descrição prometia. Mais ainda. Demasiado, até. Pois Stella sente-se cada vez mais atraída pelo estilo de vida de Leo, o simpático dono de Villa Rosa, que não chegou a conhecer pessoalmente mas com quem se corresponde com frequência.
Ao conhecer os amigos dele, visitar os sítios que ele sugere e preparar os petiscos culinários recomendados por ele, Stella dá por si a ansiar por mais. E, à medida que a correspondência entre ambos se intensifica, as dúvidas sucedem-se. Poderá a imagem mental de uma pessoa corresponder à realidade? E se Stella abdicar da segurança do passado, conseguirá abrir caminho para o futuro?

Nicky Pellegrino brinda-nos uma vez mais com a sua escrita, que tem sempre um “tempero” especial… deixe que os paladares e odores da bella Italia despertem o seu espírito!

E a Música Continua - Mary Higgins Clark
Lançamento previsto: 12 de Maio

Lane Harmon é assistente pessoal de um designer de interiores conceituadíssimo e está portanto habituada a ir a casas luxuosas. O seu mais recente trabalho, numa casa modesta de Nova Jérsia é portanto fora do habitual. Descobre que se trata da casa da mulher de um magnata da finança caído em desgraça, Parker Bennett, que desapareceu há dois anos, juntamente com o fundo de cinco milhões de dólares que geria. A questão acerca do suicídio de Bennett, se terá sido genuíno ou encenado, continua. 

Tanto os clientes como o governo querem encontrá-lo e ao dinheiro. Mas Lane fica comovida com a fé inabalável da senhora Bennett na inocência do marido.
E gradualmente começa também a aproximar-se de Mark, determinado em provar a inocência do pai. Mas quanto mais se aproxima desta famosa família, mais a sua vida (e a do filho de cinco anos) corre perigo.

Perigo, Prazer... e Fuga - Julie Anne Long
Lançamento previsto: 30 de Maio

A sociedade londrina está em estado de choque. O cobiçado Colin Eversea acaba de ser condenado à morte. E embora a sua vida não seja exemplar, trata-se de uma punição injusta para um crime que não cometeu. Mas os Eversea são conhecidos por escapar à tragédia por uma unha negra, e Colin confirma a regra. No derradeiro momento, é salvo por uma figura misteriosa...
Ele pensa estar a salvo, mas...

A calculista Madeleine Greenway não sabe quem é Colin, nem quer saber. Interessa-lhe apenas a fortuna que vai receber pelo rapto dele. Mas quando a pessoa que a contratou tenta matá-la, ela percebe que ambos têm a cabeça a prémio.
Têm, também, um forte interesse em comum: viver para realizar os seus sonhos. Colin ainda não desistiu de conquistar a mulher que ama. E Madeleine anseia por uma vida nova na América. Motivos mais do que suficientes para se unirem na busca pela verdade. Juntos, enfrentarão o pior dos perigos... e a maior das tentações...

Perigo, Prazer... e Fuga é o primeiro volume de uma apaixonante série que nos relata as aventuras e desventuras, amores e intrigas dos habitantes da vila britânica de Pennyroyal Green.

O Preço da Fama - Suzanne Redfearn
Lançamento previsto: 15 de Maio

Qual será o preço da fama?
A luta de uma mãe que tudo fará para que não corrompam os seus filhos.

Abandonada pelo marido, Faye vive momentos de desespero enquanto tenta criar os três filhos, sozinha e sem nenhuma fonte de rendimento. Até que, um dia, a sorte lhe bate à porta. A filha Molly, de 4 anos, torna-se um sucesso na Internet e é-lhe feita uma proposta milionária para entrar numa série de televisão. Inocentemente, Faye aceita a bênção caída do céu.

A série é um sucesso e, de repente, Faye e a família são atiradas para a ribalta, sob o escrutínio de milhões de espetadores.
E agora que a filha mais nova é uma estrela da televisão, Faye é obrigada a enfrentar o preço da fama. Para lá dos sorrisos enganadores de Hollywood, esconde-se todo um manto de interesses, vícios e assédio sexual que deixaria qualquer mãe atemorizada. E, para horror de Faye, os seus filhos pertencem agora a esse mundo.

Seguindo o seu instinto, ela tenta proteger a família das atenções negativas, mas os seus esforços caem por terra quando o marido regressa, exigindo o dinheiro que acha que é seu por direito.

À medida que os problemas surgem, Faye pergunta-se: terá ela tomado as decisões certas para salvar a sua família?

A Duquesa Acidental - Madeline Hunter
Lançamento previsto: 9 de Maio

Por vezes, perder tudo significa ganhar muito mais...

Lady Lydia Alfreton esconde um segredo: um manuscrito escandaloso, escrito por ela, e que a arruinaria se se tornasse público. Por azar, este texto proibido vai parar às mãos erradas, e Lydia torna-se alvo de um chantagista sem escrúpulos. Menos secreto é o seu pequeno (e único) vício. Pois Lydia é presença constante nas mesas de jogo da sociedade inglesa. Mas talvez resida aqui a solução para o problema... Desesperada, a jovem decide aceitar uma velha aposta que o arrogante duque de Penthurst lhe propôs. Se ganhar, vai poder pagar ao chantagista. Se perder, a sua inocência pertencerá a Penthurst, um homem a quem odeia profundamente...
Lydia está confiante, porque tem tido sempre sorte. Mas desta vez a Fortuna parece querer atraiçoá-la, pois perde a aposta. Agora, para além do chantagista, tem de lidar também com os avanços de um perigoso duque que está disposto a tudo para a ter como sua duquesa...

domingo, 23 de abril de 2017

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Imagem de BE Castanheira de Pera

Hoje é o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor e para o comemorar, várias editoras/ lojas têm descontos nos seus livros:

Wook oferece o 3º livro:


A Leya oferece 20% a 50% de desconto em todos os livros:


A Bertrand tem a mesma promoção da Leya:


As Edições Saída de Emergência apresentam desconto de 20% em livros assinalados e uma parceria com a Cabify:


A Fnac conta com a mesma promoção de 20% mas o desconto é aplicável a todos os livros:


É aproveitar!
Feliz dia a todos os leitores.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Leituras - Agosto e Setembro de 2016

Em Agosto li 8 livros, um número elevado e que é explicado pelas minhas duas semanas de férias ;) Li duas novas autoras: Catherine McKenzie e C. W. Gortner e regressei, muitos anos depois, a Danielle Steel.

Comecei por ler os dois últimos volumes da saga "A Selecção" de Kiera Cass, estes centrados na filha do casal dos primeiros 3 livros: "A Herdeira" e "A Coroa", livros levezinhos e com uma protagonista nem sempre fácil de perceber ou gostar.


Voltei a Catherine Bybee e à sua saga, desta vez com "Casado até Segunda" um romance levezinho mas interessante que recomendo. "Amor por Encomenda" também é levezinho e com uma história que não me atraiu muito. Já "O Juramento da Rainha", a minha estreia com C. W. Gortner, foi uma leitura fantástica sobre Isabel de Espanha, ao estilo Phillipa Gregory, um romance histórico com muito sumo sobre uma rainha sobre a qual há pouca ficção, pelo menos mais conhecida.


Encerrei o mês com Danielle Steel, um regresso um pouco a medo a esta autora pois já não a lia há muito tempo e tinha algum receio de achá-la pouco interessante nesta idade. Para minha surpresa, gostei muito das histórias e da escrita da autora que voltou a estar nas minhas preferências. Li "Mistérios do Sul" e Feliz Aniversário" e adorei ambos.


Em Setembro, li 4 livros, dois deles de novo autores e ambos portugueses: Carla M. Soares que já andava para ler há imenso tempo e Alberto S. Santos.

Continuei a ler C. W. Gortner com "Confissões de Catarina de Médicis", um livro muito interessante sobre esta rainha francesa e que foi giro de cruzar com o que conheço dela na série "Reign". Segui para "O Cavalheiro Inglês" da portuguesa Carla M. Soares, um livro que já tinha há imenso tempo para ler e que queria mesmo ler. Gostei bastante e fico contente que a ficção nacional contemporânea tenha tamanha qualidade.


Segui para "Promessas Desfeitas", um livro sobre relações destruídas e crianças no meio do fogo cruzado de um ex-casal e a sensibilidade necessária para se lidar com estas situações. Penny Vincenzi não desilude num livro carregado de emoção. "A Profecia de Istambul" foi também um livro de interesse que me ensinou várias coisas sobre os muçulmanos e como eram tratadas as pessoas, cristãs ou não, à epoca em que o livro se passa.


Em Agosto li então um total de 8 livros, 5 em ebook e 3 em formato físico. Em Setembro li um total de 4 volumes, dois deles em formato físico e dois deles em ebook, totalizando 12 livros lidos durante estes dois meses.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Novidades que gostava de ter na estante - Abril 2017

A Rainha Subjugada - Philippa Gregory
Lançamento previsto: 5 de Abril

Intriga, ambição, poder, amor e história, com uma pesquisa rigorosa e contada de forma soberba sobre Catarina Parr.

A última e sexta mulher sobrevivente de Henrique VIII. Uma mulher forte, intelectual, culta e de uma beleza cativadora.

Novo livro da série Os Tudor, de Philippa Gregory, a escritora consagrada e mais lida do romance histórico em todo o mundo.
Mais Poderosa do que a Espada - Jeffrey Archer
Lançamento previsto: 13 de Abril

Uma bomba do IRA explode durante uma viagem transatlântica do Buckingham. Quantos passageiros terão perdido a vida?

Quando está de visita à sua editora nova-iorquina, Harry Clifton fica a saber que foi eleito presidente do PEN britânico e começa imediatamente uma campanha para libertar outro escritor, Anatoly Babakov, preso na Sibéria. Por que crime? Por escrever um livro intitulado Uncle Joe, um relato arrasador da sua experiência a trabalhar para Estaline. Harry está tão empenhado em salvar Babakov que arrisca a própria vida.
Emma, presidente da Barrington Shipping, é obrigada a enfrentar as repercussões do ataque do IRA.

Alguns membros da direção acham que ela se deve demitir, e Lady Virginia Fenwick não vai descansar até conseguir a queda de Emma. Uma saga apaixonante, que se estende ao longo do século XX, com toda a intriga, paixão e golpes do destino a que Jeffrey Archer, um dos maiores contadores de histórias da atualidade, nos habituou.

Um Pedacinho de Céu - Julia Quinn
Lançamento previsto: 28 de Abril

Quem conhece Honoria Smythe-Smith sabe que, para lá das suas inúmeras qualidades, a jovem tem algumas... enfim... particularidades, nomeadamente:
1. É uma entusiástica (e péssima!) violinista
2. Fica fora de si sempre que alguém diz "Bicho"
3. NÃO está apaixonada (não está!) pelo melhor amigo do irmão

Já Marcus Holroyd, conde de Chatteris, é o seu oposto. É um rapaz tímido e responsável, conhecido por:
1. Ser lamentavelmente dado a entorses de tornozelo
2. Carregar o fardo de ser um dos solteirões mais cobiçados
3. NÃO estar (de todo!) apaixonado pela irmã do melhor amigo
Juntos:
1. São grandes amigos
2. Comem quantidades escandalosas de bolo de chocolate
3. Sobrevivem ao pior espectáculo musical do mundo

Julia Quinn tem para eles planos que incluem:
1. Uma febre mortífera
2. Momentos (muito!) embaraçosos
3. Um final desesperadamente romântico

Um Reino de Sonho - Judith McNaught
Lançamento previsto: 10 de Abril

Chamam-lhe o Lobo Negro. Nunca perde uma batalha. Temido por todos, Royce Westmoreland, duque de Claymore, é um guerreiro inglês intrépido. Tão intrépido que comete a loucura de manter sequestrada a filha do seu maior rival, o chefe do poderoso clã escocês Merrick. 

Jenny Merrick pode ter sido raptada do colégio de freiras que frequentava, mas não vai ficar de braços cruzados. A bela e fogosa jovem tenciona lutar com unhas e dentes e destruir este inglês grosseiro que se julga dono de tudo – e o facto é que consegue enfurecê-lo melhor do que ninguém.
Quando, por decreto real, são obrigados a casar, espera-se o pior. A feroz batalha de vontades, porém, não tarda a dar lugar a uma paixão escaldante, mas muito breve... Agora, após uma devastadora traição e uma série de mal-entendidos, Jenny vai ter de decidir a quem deve a sua lealdade...

Um clássico romântico. Uma das obras mais aclamadas da bestseller Judith McNaught.